Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
Cidade

Comunidade de Biriricas decide ficar na porção de terra pertencente a Aracruz

Publicada em 05/11/19 às 22:40h - 355 visualizações

por Jornal Voz do Piraqueaçu


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Prefeito Jones assina protocolo de intenções em Biriricas  (Foto: Jornal Voz do Piraqueaçu)

Uma reivindicação antiga da comunidade de Biriricas, o ajuste da divisão política de Aracruz e Fundão, foi tema de audiência pública nesta terça-feira (5 de novembro) e movimentou a pequena localidade que sempre teve dúvidas se pertencia a Fundão ou Aracruz. Mas no encontro desta noite ficou claro que a comunidade quer permanecer do lado de Aracruz. O tema foi referente ao ajuste da divisão política entre Aracruz e Fundão.


O prefeito Jones Cavaglieri (SD) esteve presente na audiência pública que assinalou a necessidade de adequar a divisão política até mesmo para que ele, como administrador público, não incorra em improbidade administrativa ao administrar um município e levar serviço para outro município.


A delimitação territorial de Mucuratá II e Cachoeirinha pertencem ao município de Fundão, ainda que os serviços recebidos sejam de Aracruz.


Comunidade de Mucuratá II e Cachoeirinha compareceu em grande número


“Se a decisão da comunidade for de permanecer com Aracruz, nós iremos respeitar e toda a estrutura a ser montada irá atender os moradores dessas localidades. Nós vamos respeitar. E tenho a certeza de que iremos nos esforçar ainda mais”, assinalou o prefeito Jones.


Durante a audiência pública, o técnico do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (IDAF) Vailson Schneider fez uma exposição de motivos da necessidade de adequar a situação das comunidades.


“É preciso fazer a atualização da divisa municipal. Isto que acontece em Aracruz e Fundão é um pouco semelhante ao que aconteceu com Marilândia e Colatina, Itapemirim, Presidente Kennedy e Cachoeiro de Itapemirim, e as três santas (Santa Teresa, Santa Leopoldina e Santa Maria de Jetibá). Ocorre que nesta última havia reivindicação de cada município querendo a parcela do solo para si. Aqui em Aracruz a questão é pacífica e a população concorda em ficar em Aracruz”, detalhou o técnico do IDAF.


Para o presidente da comunidade de Biriricas, César Barbosa, a permanência de Aracruz na comunidade será muito interessante.


“Teremos a oportunidade de discutir com o prefeito a construção de um posto de saúde, a reabertura da escola e a questão da segurança pública. Aliás, temos sofrido bastante com a questão da segurança pública por aqui”, contou o líder comunitário.


Um protocolo de intenções foi assinado ao final da audiência pública pelos prefeitos Jones Cavaglieri (Aracruz) e Joilson Rocha Nunes, o Pretinho (Fundão), além de várias testemunhas.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentários


Celio Morozeski

05/11/2019 - 22:49:55

Aracruz terras de todos ospovos...seja bem vindo biriricas...


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Visitas: 488579
Usuários Online: 40
Copyright (c) 2019 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!