noticias189 Seja bem vindo ao nosso site Jornal Voz do Piraqueaçu!

Cidade

MPES investiga fraude em contrato de lixo em Aracruz e ex-prefeito e ex-secretário de Serviços Urbanos são alvos

Publicada em 10/02/22 às 12:00h - 690 visualizações

Jornal Voz do Piraqueaçu


Compartilhe
Compartilhar a noticia MPES investiga fraude em contrato de lixo em Aracruz e ex-prefeito e ex-secretário de Serviços Urbanos são alvos   Compartilhar a noticia MPES investiga fraude em contrato de lixo em Aracruz e ex-prefeito e ex-secretário de Serviços Urbanos são alvos   Compartilhar a noticia MPES investiga fraude em contrato de lixo em Aracruz e ex-prefeito e ex-secretário de Serviços Urbanos são alvos

Link da Notícia:

MPES investiga fraude em contrato de lixo em Aracruz e ex-prefeito e ex-secretário de Serviços Urbanos são alvos
Contrato de lixo na mira do Gaeco em Aracruz  (Foto: Divulgação - Ministério Público do ES)

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Norte) e da Promotoria de Justiça de Aracruz, com participação e apoio do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES, deflagrou hoje (10/02) a Operação “Patrícios”, que investiga fraudes em contratos no setor de coleta, transporte e tratamento de resíduos sólidos no município de Aracruz.


Estão sendo cumpridos 10 mandados de buscas e apreensões nos municípios de Aracruz, João Neiva, Ibiraçu, Vitória e Vila Velha, para a apreensão de documentos, computadores, mídias e outros equipamentos visando apurar a prática, em tese, de crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, fraude à licitação, lavagem de dinheiro, dentre outros.


Além da empresa que atualmente presta serviços de limpeza pública em Aracruz, estão entre os alvos da Operação “Patrícios” o ex-prefeito e um ex-secretário do município. O valor dos contratos investigados supera R$ 185 milhões. 


As investigações estão sendo conduzidas por quatro promotores de Justiça, com participação e apoio de 20 policiais militares do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES, além de outros servidores.


Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Espírito Santo


* A denúncia sobre a possibilidade de fraude no contrato do lixo foi feita em 2018





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Copyright (c) 2024 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!
Converse conosco pelo Whatsapp!