noticias6 Seja bem vindo ao nosso site Jornal Voz do Piraqueaçu!

Cidade

Vereadora entra na disputa pela cadeira da Prefeitura de Aracruz

Publicada em 28/02/20 às 20:56h - 845 visualizações

Jornal Voz do Piraqueaçu


Compartilhe
Compartilhar a noticia Vereadora entra na disputa pela cadeira da Prefeitura de Aracruz  Compartilhar a noticia Vereadora entra na disputa pela cadeira da Prefeitura de Aracruz  Compartilhar a noticia Vereadora entra na disputa pela cadeira da Prefeitura de Aracruz

Link da Notícia:

Vereadora entra na disputa pela cadeira da Prefeitura de Aracruz
Dileuza Del Caro é pré-candidata à prefeita de Aracruz  (Foto: Divulgação - Facebook)

Militante na luta dos direitos de crianças e adolescentes, a vereadora Dileuza Marins Del Caro colocou seu nome à disposição do PSB para a disputa à Prefeitura de Aracruz. No Encontro Estadual do partido, realizado no dia 15 deste mês, o governador Renato Casagrande anunciou seu apoio a vários pré-candidatos.

Um dos apoios anunciados pela governador foi a Dileuza Del Caro, parlamentar em seu primeiro mandato. 

Além da bandeira da proteção a crianças e adolescentes, Dileuza também luta pelos direitos da mulher. Na última quinta-feira (27 de fevereiro), um projeto de sua autoria foi aprovado por unanimidade e obriga os estabelecimentos comerciais do município a fixarem cartazes em locais bem visíveis com o número 180 para denunciar casos de violência contra a mulher.

A Voz do Piraqueaçu entrevistou a vereadora que é pré-candidata à prefeita de Aracruz.


Segue a entrevista:


Voz do Piraqueaçu - Salvo engano, esta não é a primeira vez que a senhora coloca seu nome para uma disputa à PMA, certo?

Dileuza: Como pré-candidata a prefeita sim. Essa é a primeira vez. Já concorri à prefeitura, mas como vice.


VDP - Como foi sua experiência anterior?

Dileuza: Como disse, em 2012 fui candidata à vice-prefeita na chapa encabeçada pela Dra. Gilcinea e ficamos em segundo lugar, obtendo 15.924 votos, ou seja, 34,09%. Sem dúvida uma votação bastante expressiva tendo em vista o tamanho de nossa campanha que era infinitamente menor do que as campanhas dos nossos concorrentes.


VDP - Acredita que haja um certo PREconceito de gênero entre os aracruzenses, daí não ter se elegido naquela oportunidade?

Dileuza: Sinceramente não vejo desta forma. Penso não existir este preconceito dos eleitores. O que existe de fato é uma dificuldade maior das mulheres ganharem espaços dentro dos partidos políticos.


VDP - Como foi que surgiu esta pré-candidatura?

Dileuza: A nossa pré-candidatura surgiu em um consenso dentro de um grupo de partidos e lideranças populares que já vem se reunindo há algum tempo. Recebemos a nossa indicação com surpresa, mas com muito orgulho de ter sido escolhida por este grupo para ser a sua representante no próximo pleito eleitoral.


VDP - O que o governador Renato Casagrande disse em relação a sua disposição a ser prefeita?

Dileuza: Veja bem, este é o início do processo eleitoral, os filiados que têm o interesse de se candidatarem apresentam seus nomes ao partido e manifestam-se como pré-candidatos. No meu caso tive meu nome anunciado como pré-candidata no último encontro estadual do PSB, realizado no município de Serra, com a presença do nosso Governador Renato Casagrande e da nossa vice-governadora Jacqueline Morais. Ambos receberam a nossa pré-candidatura com entusiasmo.


VDP - Como a senhora vê a situação atual do município, no que tange a saúde, educação, meio ambiente, transporte? Aliás, o que a fez sair da CPI do Transporte (a senhora chegou a integrar a comissão. Correto?).

Dileuza: Retirei-me não somente da CPI do Transporte, bem como das outras Comissões Permanentes da Casa às quais fazia parte, por recomendações médicas.  Passei por um tratamento de saúde e fui orientada pelo meu cardiologista a diminuir a carga de trabalho e de estresse, para facilitar a minha recuperação.

Quanto à situação do município nestas áreas citadas eu vejo como todos os aracruzenses veem. Estamos atravessando tempos difíceis e que precisam ser superados para o bem do nosso município.


VDP - Este será um pleito, que ao que parece, será bem disputado. Como está a senhora nesse cenário?

Dileuza: Coloco-me neste cenário como uma alternativa aos nomes que aí estão. Quem acompanha o nosso mandato de vereadora sabe que lutamos incessantemente por políticas públicas, pelo combate à corrupção e pelo diálogo com as comunidades. 


VDP - A senhora é uma militante dos direitos da criança e do adolescente. Sua pré-campanha vai girar em torno desse tema?

Dileuza: Temos 25 anos de militância nesta área e com certeza será uma de nossas bandeiras, porém não será a única. Temos que ouvir a população, entender os seus anseios e procurar montar o nosso plano de Governo de forma que atenda aos anseios da população.


VDP - Nos bastidores da política local ventilou-se a informação de que o governador teria a intenção de apoiar o ex-prefeito Ademar Devens e a senhora seria a vice dele. Esta informação procede? A senhora tem afinidade com o ex-prefeito? Ele chegou a entrar em contato com a senhora?

Dileuza: Veja bem, como disse antes, estamos ainda nos primeiros passos da campanha eleitoral. Manifestei ao meu partido (PSB) o desejo de me lançar como pré-candidata à prefeita de Aracruz e estou caminhando neste sentido. Quanto à pré-candidatura do ex-prefeito Ademar Devens, ainda não tenho informação. O que posso garantir é que nada a este respeito foi conversado até este momento.  


VDP - A esquerda tem sido bem criticada no país inteiro. E Aracruz tende a seguir esta tendência. Como a senhora pretende contornar esse obstáculo?

Dileuza: Penso que esta polarização de esquerda e direita que se acirrou nas últimas eleições é extremamente prejudicial ao processo eleitoral.  Estamos conversando com todos e buscando formar uma coalizão partidária onde o interesse maior seja o desenvolvimento de Aracruz. Penso sinceramente que esta polarização nacional não irá afetar o nosso diálogo e a formação desta coalizão em prol de nosso município.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Copyright (c) 2024 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!
Converse conosco pelo Whatsapp!