noticias573 Seja bem vindo ao nosso site Jornal Voz do Piraqueaçu!

Cidade

PMA deve cumprir exigências da Caixa antes de iniciar obras da via de Itaparica

Publicada em 13/11/18 às 19:42h - 700 visualizações

Web Rádio Voz do Piraqueaçu


Compartilhe
Compartilhar a noticia PMA deve cumprir exigências da Caixa antes de iniciar obras da via de Itaparica  Compartilhar a noticia PMA deve cumprir exigências da Caixa antes de iniciar obras da via de Itaparica  Compartilhar a noticia PMA deve cumprir exigências da Caixa antes de iniciar obras da via de Itaparica

Link da Notícia:

PMA deve cumprir exigências da Caixa antes de iniciar obras da via de Itaparica
Via também passará pelo bairro São Francisco  (Foto: Web Rádio Voz do Piraqueaçu)

Antes de iniciar a obra de pavimentação da via principal de Itaparica, no distrito de Santa Cruz, a Prefeitura de Aracruz necessita da aprovação da Caixa, banco onde foi depositada a emenda parlamentar destinada ao calçamento do bairro, um antigo sonho da comunidade local.


A população, que sofre tantos nos dias chuvosos quanto nos dias ensolarados, sonha com a pavimentação da via. Moradores têm relatos de dificuldades com a lama e com a poeira.


A Prefeitura, por meio da Secretaria de Comunicação (SECOM), explicou que necessita seguir algumas condutas perante à Caixa.


“Existe uma conduta de normas que devem ser seguidas, dentre as principais estão: apresentar projeto de drenagem, projeto de sinalização, projeto de saneamento básico, projeto de acessibilidade, memorial descritivo, planilha orçamentária”, diz a nota.


A emenda parlamentar destinada pelo deputado Marcus Vicente (PP) foi de R$ 3.785.062,07 e segundo a PMA, a obra de pavimentação está orçada em R$ 4.480.630,61.


“A diferença neste valor seria contrapartida da Prefeitura de Aracruz”.


Ainda de acordo com informações da SECOM, “a licitação só poderá ocorrer após a efetiva homologação do convênio por parte do Ministério das Cidades.”


Mesmo que seja um anseio bem antigo da comunidade de Itaparica, a Prefeitura de Aracruz deverá realizar audiência pública para ouvir a população sobre um possível impacto com o novo calçamento, o que acontecerá somente depois da homologação do convênio.


Dado um novo calçamento, uma nova rotina de trânsito deverá se estabelecer no meio do bairro, mas a PMA garante que o projeto de sinalização estará dentro das normas necessárias para a segurança e bem estar da comunidade.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Copyright (c) 2024 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!
Converse conosco pelo Whatsapp!