noticias448 Seja bem vindo ao nosso site Jornal Voz do Piraqueaçu!

Brasil

Jovens aprendem em sala de aula como lidar com dinheiro

Escolas implementam a educação financeira de olho no futuro dos alunos

Publicada em 03/01/23 às 12:14h - 104 visualizações

Assessoria de Comunicação


Compartilhe
Compartilhar a noticia Jovens aprendem em sala de aula como lidar com dinheiro  Compartilhar a noticia Jovens aprendem em sala de aula como lidar com dinheiro  Compartilhar a noticia Jovens aprendem em sala de aula como lidar com dinheiro

Link da Notícia:

Jovens aprendem em sala de aula como lidar com dinheiro
É de bem jovem que se aprende a cuidar do dinheiro  (Foto: Divulgação)

Conforme levantamento mensal realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), oito de cada 10 famílias brasileiras estão endividadas. É o maior volume desde 2010, quando teve início a série histórica. O Brasil tem hoje mais de 67 milhões de pessoas inadimplentes, segundo dados divulgados pela Serasa em agosto. O recorde de inadimplência, impulsionada pela pandemia, reforça a importância do planejamento financeiro de famílias e de empresas. Para amadurecer o comportamento das novas gerações em relação ao consumo e ao uso consciente do dinheiro, escolas particulares e públicas implementam a educação financeira dentro de sala de aula.


O ideal é que as pessoas sejam educadas sobre questões financeiras o mais cedo possível em suas vidas. A professora de matemática e de educação financeira do Centro Educacional Primeiro Mundo, Milena Benfiques Borges, destaca que a experiência de se informar sobre finanças produziu mudanças significativas na vida dos jovens estudantes e de suas famílias.


“Utilizamos a metodologia de explicar sobre os conceitos da educação financeira e demonstrar por meio de exemplos, estudos e dados, a importância de ser um cidadão educado financeiramente”, explica a professora. “No ensino regular, a disciplina de matemática abrange alguns temas de matemática financeira, como juros. Já os alunos do integral têm uma disciplina específica voltada para a educação financeira. O foco é preparar os alunos para serem cidadãos conscientes e com uma melhor qualidade de vida”, complementa.


Brasil nos últimos lugares em educação financeira


A necessidade de amadurecer o comportamento das novas gerações em relação ao consumo e ao uso consciente do dinheiro pode ser medida pelo resultado do Programa Internacional de Avaliação de Alunos Para Escolas (PISA-S), pesquisa trienal que avalia as habilidades de 13,5 milhões de jovens estudantes diferentes cantos do planeta. Dos 20 países avaliados, o Brasil foi o 17º colocado na pontuação geral quanto a questões que mediram as habilidades de estudantes para o planejamento e manejo das finanças.


Programa nacional prevê educar 25 milhões de estudantes


A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) recomenda que a educação financeira comece o mais cedo possível, na escola, contribuindo para formar uma sociedade com maior qualidade de vida. A proposta do Programa Nacional de Educação Financeira nas Escolas, uma parceria entre o Ministério da Educação (MEC) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), foi criada justamente com o objetivo de incentivar o tema entre crianças e jovens de todo o Brasil. Lançada recentemente, a iniciativa visa à capacitação de mais de 500 mil professores ao longo de três anos, para que possam alcançar mais de 25 milhões de estudantes da educação básica.


A ideia é que professores do ensino fundamental e médio possam realizar cursos em uma plataforma on-line para trabalhar esses conhecimentos com suas turmas. Para tanto, um portal criado com temas que incentivam a cultura de planejamento, prevenção, poupança, investimento e consumo consciente. Para saber mais, acesse o site https://www.edufinanceiranaescola.gov.br/


OS NÚMEROS

Oito em cada 10 famílias estão endividadas;

Mais de 67 milhões de pessoas estão inadimplentes, de acordo com número de agosto (2022) do Serasa;


EDUCAÇÃO FINANCEIRA

De 20 países avaliados, o Brasil ocupa a 17ª posição


PROGRAMA NACIONAL

Prevê a educação financeira de 25 milhões de estudantes, mas antes contando com a capacitação de 500 mil professores;


Utilização da plataforma online contida no portal https://www.edufinanceiranaescola.gov.br/


Com informações da Assessoria de Comunicação da Escola Primeiro Mundo





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Copyright (c) 2024 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!
Converse conosco pelo Whatsapp!