Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
Esporte

Sem peixe, mas com muita alegria e confraternização

Publicada em 20/10/19 às 17:25h - 261 visualizações

por Jornal Voz do Piraqueaçu


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Mais de 160 competidores se inscreveram no 1º Aberto de Pesca com Caiaque  (Foto: Divulgação)

Ok! O mar não estava para peixe. Mas que os caiaqueiros que estiveram no Rio Piraquê-açu neste domingo (20 de outubro) durante o 1º Aberto de Pesca com Caiaque se divertiram e puderam prestigiar um encontro bem organizado na pequena e aconchegante Santa Cruz, ah! Isso eles puderam!


A entrada do vento Sul e a calmaria das águas do rio não proporcionaram um volume grande de peixes, mas a diversão foi garantida. Com caiaques de pedal ou remos os competidores disputaram a prova com dedicação.


O caiaqueiro Helvis Gomes, da Serra gostou do que viu durante a competição. 


“Achei o evento bem bacana, muito bem organizado com uma recepção bem legal, embora o mar não estivesse para peixe”, ironizou Helvis.


O amigo de Helvis, Aldeías Fernandes, de Vitória, disse que já conhecia a região onde pescou neste domingo. 


“A competição estava boa, bem agradável. Foi um evento muito bem organizado. Já a pesca não foi tão boa. Pouco peixe”, lamentou.


Para o caiaqueiro-pescador Guilherme Salazar, da equipe Quebrando a Linha, foi a primeira vez que esteve em Santa Cruz e ficou encantado com o que viu.


“Consegui pegar um badejo de 23 centímetros durante a competição. Esse foi um evento muito bem organizado. Foi muito interessante esse intercâmbio entre os competidores, foi um encontro de gerações. Nossa equipe tinha, inclusive, duas competidoras, a Andressa e a Milena (Índia Robaleira). Foi bem bacana a competição”, elogiou Salazar.


Ao final da prova, todos os competidores e familiares participaram de um almoço de confraternização.








ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentários


Geovana tabachi silva

20/10/2019 - 18:30:50

Bacana esse evento! Poderiam acontecer mais vezes... Entretanto,q alguns questionamentos poderiam ser feitos: -pq o "mar não estava pra peixe" ou será q não tem mais peixe? Seria por conta dos intensos ataques socioambientais q a região vem sofrendo???xc2tfy


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Visitas: 488588
Usuários Online: 47
Copyright (c) 2019 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!