Sexta-feira, 29 de Maio de 2020
Cidade

Água para todos e abrigo para morador de rua em tempos de vírus que ameaça vidas

Publicada em 26/03/20 às 19:23h - 560 visualizações

por Jornal Voz do Piraqueaçu


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Equipe da PMA faz abordagem social  (Foto: Divulgação - Prefeitura de Aracruz)

Tendo em vista a pandemia do novo coronavírus declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e visando adotar mais medidas que contribuam com a saúde coletiva, o prefeito de Aracruz, Jones Cavaglieri, acionou o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) nesta quinta-feira (26 de março) para que isente das tarifas de água e esgoto a população de baixa renda.


O objetivo é isentar as pessoas de baixa renda do pagamento das tarifas dos meses de abril e maio.


Ainda dentro do mesmo objetivo, a Prefeitura de Aracruz pretende parcelar o débito e cancelar penalidades impostas aos proprietários de residências que tiveram o abastecimento cortado. Desta forma, o abastecimento de água tratada voltaria a ser feito. Um técnico da autarquia municipal irá visitar essas residências.


Aqueles que tiverem interesse poderão entrar em contato com o SAAE por meio dos números 115 ou 0800 283 9590.


MORADORES EM SITUAÇÃO DE RUA


Um clamor recorrente vinha acontecendo para que a Prefeitura de Aracruz adotasse medidas de proteção às pessoas em situação de rua.


Orientados pela secretária de Ação Social, Rosilene Filipe dos Santos Matos, assistentes sociais e técnicos da vigilância sanitária do município circulam diversas ruas para orientar as pessoas que vivem nas calçadas e becos da cidade sobre a importância da higiene como forma de prevenção contra o covid-19.


As pessoas são orientadas a ficarem em isolamento social, retornando às suas casas e suas famílias ou com um aluguel social de caráter provisório.


Para aquelas pessoas que optarem pelo aluguel social será dado suporte para que esteja em isolamento com colchão, lençol, kit de higiene e alimentação. Apenas os moradores de rua cadastrados no serviço de assistência do município é que terão acesso a este programa. Os moradores oriundos de outras localidades fora de Aracruz serão encaminhados para os lugares de origem.


“O serviço de abordagem social não tem o cunho de obrigá-lo a aceitar nenhuma oferta. O trabalho é sempre de conscientização e de oferta de possibilidades para que o morador de rua possa, de acordo com o entendimento dele, mudar a própria história”, assinalou a secretária Rosilene.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Visitas: 599258
Usuários Online: 7
Copyright (c) 2020 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!