Segunda-feira, 30 de Março de 2020
Cidade

Sofá azul abandonado em Santa Cruz vira tema de bloco no Carnaval

Publicada em 19/02/20 às 18:29h - 295 visualizações

por Jornal Voz do Piraqueaçu


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Móveis sem utilidade são jogados em ruas de Santa Cruz  (Foto: Divulgação - Whatsapp)

Sofá azul jogado em Santa Cruz vira tema de bloco no Carnaval


É claro que no Carnaval a sátira é uma manifestação interessante e eficaz para tornar público temas que incomodam determinado grupo social ou a coletividade. O lixo é tema recorrente dos dias de Momo em Santa Cruz. Desta vez, o mote da folia chegou poucos dias antes dos foliões e folionas irem para a avenida.


Em uma determinada noite desta semana, uma pessoa montada em seu veículo de pequenas cargas decidiu que a decoração de sua casa estava cansativa e tomou o rumo das ruas de Santa Cruz para descartar seus móveis. Dois sofás azuis foram adicionados à paisagem local.


Ocorre que os utensílios foram separados. Um foi deixado na esquina da Rua 16 de dezembro e ou outro na esquina da Avenida Tenente Coronel Paixão. 


A ideia de se fazer uma letra carnavalesca saiu de uma conversa no aplicativo Whatsapp em que uma moradora disse que eles foram separados.


“Coitados dos sofás, depois de velhos foram separados. Faço a ideia de quantas histórias eles têm para contar”, disse a pessoa no grupo.


E assim surgiram várias ideias. Entre elas, colocar o sofá em uma carroceria e fazê-la de carro alegórico.


Foi sugerido, inclusive, que as crianças participassem da brincadeira como uma forma bem séria de conscientização.


Certo é que esta não é a primeira vez que descartes de utensílios acontecem em Santa Cruz e no seu entorno. A reportagem da Voz do Piraqueaçu, em 2018, produziu uma matéria colocando como tema a importância de se descartar adequadamente os móveis que não serão mais usados. E a forma correta é ligando para a Secretaria de Transportes e Serviços Urbanos (SETRANS) para que o serviço seja realizado.


Mas o que estava ruim parece que ficou pior, já que surgiu a informação de que a Prefeitura de Aracruz teria deixado de realizar tal serviço. 


Antes que qualquer “fake news” (notícia falsa) tivesse sucesso, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Comunicação, informou que existem dois serviços de coleta de móveis no município.


“Um deles trabalha no recolhimento de móveis que não estão em condições de uso. O munícipe deve fazer a solicitação por meio do número 99717-5845, para acionar o caminhão de coleta manual.  Feita a solicitação, o setor entrará em contato com o solicitante para agendar uma data e horário para recolhimento do material. É importante que o cidadão descarte o móvel no dia e horário combinado, para evitar sujeira e proliferação de animais indesejados como ratos, baratas e cobras”, informou.


Mas a PMA conta ainda com outra opção de descarte de móveis, que é o projeto Móvel Solidário.


“Outra opção é acionar o projeto Móvel Solidário, por meio do número 98807-0160, caso o móvel que será descartado esteja em boas condições para uso. Esse serviço irá até a residência do solicitante para buscar o material, que posteriormente será doado a uma família que necessite”, concluiu a nota explicativa da Prefeitura.


Em tempo: no final da manhã desta quarta-feira (19 de fevereiro), um caminhão da Prefeitura realizou a coleta de utensílios que estavam jogados em várias esquinas do distrito.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Visitas: 559623
Usuários Online: 27
Copyright (c) 2020 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!