noticias400 Seja bem vindo ao nosso site Jornal Voz do Piraqueaçu!

Cidade

Vereadora assinala importância do Dezembro Vermelho na luta contra estigmatização de doença

Em discurso durante a 129ª Sessão Ordinária, a vereadora Etienne Coutinho Musso fez um discurso, convidando a todos para uma reflexão sobre HIV/aids.

Publicada em 04/12/23 às 21:03h - 93 visualizações

Jornal Voz do Piraqueaçu


Compartilhe
Compartilhar a noticia Vereadora assinala importância do Dezembro Vermelho na luta contra estigmatização de doença  Compartilhar a noticia Vereadora assinala importância do Dezembro Vermelho na luta contra estigmatização de doença  Compartilhar a noticia Vereadora assinala importância do Dezembro Vermelho na luta contra estigmatização de doença

Link da Notícia:

Vereadora assinala importância do Dezembro Vermelho na luta contra estigmatização de doença
Discurso de Etienne foi um chamado à solidariedade com as pessoas que têm o vírus  (Foto: Divulgação - Youtube)

Durante a sessão desta segunda-feira (04 de dezembro), a vereadora Etienne Coutinho Musso lembrou que o último mês do ano é também tempo de refletir sobre um assunto que ainda é tabu em muitos ambientes.


O Dezembro Vermelho, segundo a parlamentar, deve ser visto como um período de reflexão e ação em prol da causa das pessoas que convivem com o vírus HIV.


“Este é um mês destinado à luta contra o HIV/aids. Uma batalha que, embora tenha avançado em muitos aspectos, ainda demanda esforços significativos de todos nós enquanto sociedade. O Dezembro Vermelho não é apenas um símbolo, é um lembrete para que permaneçamos vigilantes na luta contra o estigma, na promoção da prevenção e no apoio àqueles que vivem com o vírus”, assinalou a vereadora.


Na opinião dela, a informação é uma arma na prevenção dessa doença e na desconstrução de estereótipos que ainda persistem.


“Precisamos fortalecer políticas públicas que assegurem o acesso universal à testagem, ao tratamento adequado e ao suporte a todas as pessoas afetadas por essa condição, garantindo-lhes dignidade e respeito”.


No dia 30 de novembro, o Ministério da Saúde divulgou o boletim epidemiológico que registrou um aumento dos casos da doença entre pretos e pardos.


Ainda de acordo com o MS, houve queda de óbitos pela doença, mas o aumento entre pretos e pardos representa mais da metade das ocorrências desde 2015.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentário


Célia

05/12/2023 - 10:56:52

Parabéns Vereadora pela incansável luta em prol dos grupos que sofrem a discriminação, a falta de amor e o preconceito.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (27) 9 9265-3511

Copyright (c) 2024 - Jornal Voz do Piraqueaçu - Não para nós, não para nós,Senhor, mas para Sua Glória!
Converse conosco pelo Whatsapp!